10 Restaurantes Ideais para ver o Pôr do Sol em Lisboa.


belém
Fonte imagem: retirada da internet.

Gostas de contemplar o pôr do sol? Eu adoro, é uma das coisas mais lindas da natureza, num final de dia. A meu ver, não existe nada melhor, (depois de um longo dia de stress e super agitado na capital lisboeta ou em qualquer outra cidade “movimentada” do país) para dedicarmos um pouco do nosso tempo a contemplar a beleza de um pôr do Sol.

Um prazer único e inesquecível, uma experiência gastronómica a dois, com a cara-metade ou entre amigos, trago-te 10 Restaurantes Ideais, em Lisboa, na qual podes beneficiar desta beleza única, com vistas privilegiadas, seja para o Atlântico, para o Tejo ou para a cidade. O pôr do sol chega a todos eles.

PS1
Restaurante The Mix

É sob a mestria do chef Hugo Silva que chega à mesa a carta do The Mix, inspirada nos sabores mediterrâneos. Há perna de borrego assada com batata doce assada, polvo grelhado com puré de alho, massas, risotos e, entre as sobremesas, tarte de limão merengada com sorbet de capirinha. Para um final de tarde relaxante, basta juntar a vista ampla sobre o Atlântico proporcionada pelo terraço deste restaurante no hotel Farol Design, em Cascais.

PS2
Restaurante Maria Pia

Sem sair de Cascais, a proposta do Maria Pia é diferente. A carta do chef Pedro Mendes incentiva a “sentir o mar” com uma canja de amêijoas e algas, ostras, chevices, atum ou gambas. Mas quem preferir uma refeição mais consistente também encontra caldeirada, feijoada e arroz de peixe e marisco.

Com o mar tão perto, vale a pena experimentar o camarão tigre panado com sésamo ou o Surf & Turf, que é como quem diz lombo de novilho e camarão tigre. Da esplanada, vê-se o sol a pôr-se por trás das palmeiras e embarcações de recreio.

PS3
Restaurante Dona Maria

A nova gerência deste antigo casino do hotel Victor procurou mimar os clientes com uma esplanada maior e uma vista apelativa para o Palácio da Vila. Lá dentro, uma das três salas dedica-se aos chás pretos, verdes, brancos e infusões da Théodore.

Na carta desfilam tábuas de queijos, mistas de carnes frias, paninis de atum e mozzarella, tostas, hambúrgueres, bifes, salmão e polvo ou bacalhau à lagareiro, sem esquecer as saladas mais procuradas neste tempo quente.

PS4.jpg
Restaurante Chapitô à Mesa

São três espaços sobre Lisboa: uma esplanada e miradouro com grelha a carvão e lenha, uma petisqueira e um restaurante cheio de luz. No Chapitô à Mesa são “à Faustino” e “à marrare”. No peixe, robalo de mar com algas e camarinha e polenta de camarão. O restaurante, liderado por Miguel Ameal e o chef Bertílio Gomes, reflecte o ambiente artístico do Chapitô e está a apenas dois minutos do Castelo de São Jorge e a 30 minutos do parque do Largo das Caldas.

PS5
Restaurante Myriad River Lounge

Do casario de Lisboa para o estuário do Tejo, o Restaurante River Lounge, no piso térrio do hotel Myriad, no Parque das Nações, preenche todos os requisitos. Com a vista assegurada, as atenções centram-se na carta de inspiração mediterrânica acompanhada de vinhos portugueses. A partir das 19h, a música convida a ficar no terraço de onde se admira a Ponte Vasco da Gama.

PS6
Restaurante ZamBeZe

O ZamBeZe, com uma vista singular sobre a baixa de Lisboa e o Tejo, funde a tradição gastronómica beirã com os sabores moçambicanos. Na carta abundam o peixe e marisco, à semelhança das carnes, e aí destaca-se o frango à zambeziana com batata frita. Tudo isto numa esplanada com 300 metros quadrados, ideal para os finais de tarde.

PS7
Restaurante Tagus Village

Fica do outro lado do rio e oferece uma vista única sobre a zona ocidental de Lisboa. Mas o menu remete para o Oriente, ou não fosse o chef Luís Barradas cozinheiro tarimbado nessa matéria – aprendeu em Londres, trabalhou com Paulo Morais, foi importador de produtos japoneses. Com efeito, há dois menus de degustação: um de cozinha asiática e outro de portugalidades. O restaurante tem a particularidade de ser acessível de helicóptero, graças a uma parceria com a Lisbon Helicopters, que voa de Algés e passados cinco minutos aterra em Almada

PS8
Restaurante Ponto Final

Ainda em Almada, é possível admirar o pôr-do-sol a partir do Cais do Ginjal, onde o Ponto Final significa o fim do trabalho e o começo do descanso. Perto do mar, a ementa convida ao peixe, com sopa de cação, carapauzinhos com arroz de tomate e arroz de tamboril. No capítulo das carnes, arroz de cabidela de galinha e os rojões.

PS9
Restaurante Espelho D’Água

Uma fusão entre os sabores do Ocidente e do Oriente comandada pela chef brasileira Ana Soares, é o que propõe o Espaço Espelho de Água, em Belém, que goza de um cenário único frente ao Tejo. O espaço serve também petiscos.

PS10
Restaurante Le Chat

Na zona das Janelas Verdes, paredes meias com o Museu Nacional de Arte Antiga, encontramos o Le Chat, um dos mais conhecidos miradouros da cidade. Na ementa, os “Cacos da Casa” são salmão fumado, hambúrguer Le Chat, prego do lombo de novilho ou cogumelo portobello recheado, entre muitos outros petiscos inspirados na nova estação.

Fotos extraídas do artigo evasões.pt.

Espero que este artigo te tenha inspirado para um momento a dois, rodeado de iguarias deliciosas enquanto contemplas o pôr do sol. Já conheces alguns dos restaurantes, qual a tua experiência?

AssBlogMVaidoso

Comenta, gosta e partilha nas tua redes sociais. Segue-nos no facebook e instagram.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.